quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011



SILÊNCIO
| Num dia assim.
José Afonso morreu há 24 anos. O humanismo militante e a genialidade não morreram. Saudade de um amigo.
+