quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011



O DISCURSO DO REI | O treinador de futebol José Mourinho rendeu-se, há muito, às virtudes das operações bancárias. Acontece aos melhores, como sabemos. Ditames da agência que tem a conta do Millennium /BCP tornaram-no funcionário bancário. É desse balcão que anuncia: "Para mim, não há dificuldades, só desafios". O discurso condiz com a personagem. Desempenho competente. Tanta energia e talento emocionam. Mas, o pessoal que está desempregado, os empresários que se vêem "à rasca" (horrível expressão tão na moda) para pagar aos colaboradores, os recém licenciados sem perspectivas desafiadoras, os reformados que vivem com dificuldades e os trabalhadores precários sem estabilidade à vista, o que dizem ao treinador/bancário?
- Mourinho, querido, e se fosses para o caraças com a conversinha da treta?
+