quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011


ENSAIO SOBRE A LOUCURA
| A Líbia é comandada há muito por um doido varrido. Há muito que este louco mata o seu próprio povo. Um povo que apenas tem o direito de ver os califas enriquecerem sem prestarem contas. Há uma altura em que a paciência se esgota e o povo faz história. Kadhafi quer ficar na História como mártir. Para cumprir esta premissa, muitos mártires surgirão. Ele sabe isso. E isso não o incomoda. Nunca criou um Estado. Nunca se preocupou com o estado em que vivem as populações. Foi uma espécie de califado, com todas as exuberâncias permitidas, que criou no sítio onde quis aplicar a sua revolução verde. Um louco criminoso anda à solta no Médio Oriente. Preocupante.
+