quarta-feira, 22 de setembro de 2010

TENDÊNCIAS | Já não é surpresa nenhuma: a extrema-direita está a conquistar terreno em grande velocidade. Agora foi na Suécia. Mas a Holanda continua às aranhas para formar governo, devido a uma inesperada subida da direita mais extrema. Berlusconi também é o que é. E não podemos esquecer que mesmo Sarkozi em França não é propriamente flor que se cheire. São os riscos causados por insucessos vários, enleados em crises sucessivas do sistema democrático. Parece que a envelhecida população europeia se está a tornar cada vez mais conservadora e já só acredita em exclusões e porrada para cima. É facto que continuam em minoria, mas já discutem o exercício do poder. Onde iremos parar?
+